• Verónica Rivas

Uma Prece para Kurukulla


Kurukulla (Tibet 1500-1599) Himalayanart.org

Homenagem a você, Rainha da Lua Cheia

Quem mora nas trevas e emerge da luz.

Através do meu corpo, fala e mente

eu presto homenagem a você!


A aquela da guirlanda de caveiras.

Sem dúvida e hesitação

eu me curvo diante de Você!

Oh terrível e compassiva

você que subjuga todas as forças malévolas,

soberana da Terra Pura

me ouça:

Conceda-me poder e proteção

para alcançar o Siddhi Supremo.


Grande Senhora do Lótus Vermelho,

bebedora de sangue e comedora de carne,

você a do corpo Vajra

e sabedoria primordial.

Você a do rugido do leão:

o vazio é a sua fala,

a vacuidade é o seu corpo

realização é a sua mente.


Rainha das montanhas e cemitérios,

sua respiração derrete os obscurecimentos da minha mente,

e sua risada faz meus inimigos tremerem.


Você é a fonte, o caminho e o objetivo.

Senhora do luxo e da luxuria,

rainha da Grande Bem-aventurança:

suas flechas transformam fraqueza em poder,

desespero em fé,

desejo em iluminação.


Ó Esplendorosa e Magnífica!

Ó Grande Kurukulla de Uddiyana!

Eu te dou boas-vindas com grande devoção!


(Verónica Rivas)


31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo